90 ANOS DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS NO RIO GRANDE DO NORTE/ NATAL? UM EQUÍVOCO HISTÓRICO!

Publicado: setembro 6, 2008 em CRITICA, PROTESTANTISMO, RELIGIÃO, TEOLOGIA

Foto Jota Bê

Este é o segundo artigo sobre as festividades dos 90 anos da Assembléia de Deus (EM NATAL) – (fato real), em detrimento dos 96 anos de sua história no Estado do RN.

O primeiro artigo escrito anteriormente é uma síntese do que fora escrito no livro METAMORPHOSIS E NEKROSIS de autoria de João Bosco. Temos aqui um outro artigo que contemplo essa falta de cuidado histórico.

João Bosco de Sousa

Assembléia de Deus e os 90 anos de história: uma reflexão crítica

Assembléia de Deus e os 90 anos de história: uma reflexão crítica

O ano de 2008, sem sombra de dúvida, é um ano diferente dos demais em relação à história das Assembléias de Deus em nosso Estado. Contagiado pela proximidade do centenário da instituição em terras brasileiras, os líderes estaduais da instituição organizaram uma série de eventos grandiosos para comemorarem os 90 anos de existência da instituição em nosso Estado. Batismos grandiosos com centenas de batizandos e milhares de expectadores, viagens missionárias envolvendo dezenas de caravanas riscando o Estado de ponta a ponta, discursos eloqüentes engrandecendo este feito memorável, anúncios e propagandas nos meios de comunicação, mega-corais nunca vistos antes em nossas terras etc. Tudo isto mostra, sem dúvida, a grandiosidade desta data para a instituição estadual. No entanto tal festa encobre um equívoco histórico extremamente sério e que, por amor à verdade e à memória de santos homens e mulheres de Deus, não pode ser escondido nem camuflado de forma alguma, sob risco de castigo da história e do juízo divino.

É notório que as festividades que a IEADERN (Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Rio Grande do Norte) promove diz respeito aos 90 anos de sua atuação como igreja em nosso Estado(RN). Esta informação é explícita no próprio site da instituição que diz: “Precisamente no dia 24 de maio estaremos completando 90 anos de pregação do evangelho pentecostal em nosso Estado”. (fonte: http://www.adnatal.org.br/90anos/90anos.htm). O próprio hino oficial do evento entoa, de forma contundente: “Em mil novecentos e dezoito a Assembléia de Deus em nosso estado chegou; Era o movimento do Espírito Santo que Deus, também, aqui implantou…” e mais adiante: “Noventa anos hoje comemoramos…” (fonte: http://www.adnatal.org.br/90anos/downloads.htm).

De onde vem esta data tão precisa? Neste caso, vale a pena deixar que a própria instituição fale: “O movimento de evangelização pentecostal espraiou-se pelo Norte e rumou em direção ao Nordeste do País. O Ceará foi inicialmente evangelizado por uma irmã paraense, em visita aos seus familiares. O Rio Grande do Norte e a Paraíba tiveram em um lavrador paraense – por nome Joaquim Batista de Macedo – um dos primeiros evangelizadores. Nesse contexto, em 1914, a Cidade de Fortaleza já contava com duas igrejas, totalizando uma centena de crentes. Em 1916, alguns norte-riograndenses que haviam ido ao Pará buscar uma melhor sorte retornaram a Natal. (GRIFO NOSSO) Entre eles, Antônio Felipe Bezerra e sua esposa Luizinha, ambos recém convertidos à fé pentecostal; e o ex-presbiteriano Francisco Cézar, este alcançado pelo batismo no Espírito Santo. Todos tinham um desejo comum: evangelizar seus familiares. Em 1917, em uma reunião de oração, na residência do citado casal, deram-se as conversões de José Domingos da Costa, Pedro Jacinto e a esposa deste último. José Domingos veio a ser o primeiro crente batizado com o Espírito Santo em terras potiguares. Surgiram, assim, os primeiros frutos da obra pentecostal no Rio Grande do Norte. (GRIFO NOSSO). Enquanto isto, na Cidade de Belém/PA, em 11 de janeiro de 1918, a nova igreja era oficialmente registrada com o nome “Assembléia de Deus”…Em 13 de janeiro de 1918, na casa do soldado Luiz de França (Lulu), na chamada Rua do Arame, foi realizado o primeiro culto pentecostal,(GRIFO NOSSO) em Natal, sob a liderança do irmão Francisco Cézar. Da liturgia espontânea constaram: hinos, leitura de um texto bíblico em Ap 21.21-27 e testemunhos da fé. Na ocasião, converteram-se 6 pessoas, entre as quais o casal anfitrião. Nessa residência, passou a reunir-se um pequeno grupo de 10 irmãos, para cultuar e orar ao Senhor. Mesmo com o crescimento numérico, alí permaneceram até a instalação da primeira congregação oficial da Assembléia de Deus, no ano de 1919…Em abril de 1918, atendendo a pedido do irmão Francisco Cézar, os Missionários Vingren e Berg enviaram para Natal um pregador eloqüente e versado nas Escrituras, por nome Adriano Nobre. Coube a esse evangelista a tarefa de implantar a Igreja, no Rio Grande do Norte. Foi ele quem realizou, às margens do Potengi, junto à ponte de Igapó, na data de 15 de abril de 1918, o batismo em águas dos primeiros 6 crentes, em Natal; dois dias após, batizava mais duas irmãs; e, poucos dias depois, fazia um terceiro batismo, este num sítio por nome “Sumaré”, em Goianinha.(GRIFO NOSSO).. A Assembléia de Deus no RN – segundo a tradição oral – teve no evangelista Adriano Nobre, o seu primeiro pastor. O livro “História da Assembléia de Deus no Brasil”, entretanto, reserva essa primazia ao irmão José Estumano de Morais, enviado pela Igreja-Mãe (Belém/PA), em 1919…Com a chegada de José Morais, o local de cultos foi transferido para a Rua América, s/n (historicamente, a primeira Congregação da Assembléia de Deus, em Natal). O novo pastor realizou algumas incursões ao interior do Estado, iniciando pelo “Sítio Moreira”, em Vila Nova, onde havia um trabalho dirigido pelo irmão José Meneses. (GRIFO NOSSO). Outras visitas se sucederam a sítios e povoados, nos quais a Palavra era pregada, quase sempre em residências particulares.”(fonte: http://www.adnatal.org.br/historia.htm).

Eis o relato “oficial” da instituição Assembléia de Deus no Estado do RN. No entanto, uma pesquisa mais detalhada demonstraria que esta narrativa é repleta de equívocos que saltariam aos olhos de qualquer historiador mediano. Aliás, soa como estranho, quase inverossímil, que uma instituição deste porte, com uma data tão importante para a mesma, não tenha se dado ao luxo de contratar uma equipe de historiadores formados pela academia (e ela os possui como membros) para organizarem o relato de forma séria, deixando esta nobre função a amadores que podem “entender” de muita coisa, menos da história como ciência.

De forma sucinta enumerarei os pontos mais sérios e equivocados desta “narrativa”, no intuito de fomentar a discussão séria a respeito da real história de tão nobre instituição.

1)É impreciso afirmar que os primeiros crentes pentecostais a retornarem do Norte do país para o RN são os citados na narrativa oficial, ou seja, crentes que voltaram do Pará e se restabeleceram em Natal em 1916. Uma simples visita a regiões como Pedro Velho e adjacências, e especialmente ao distrito do Cuité, mostraria que antes desta data já existiam crentes pentecostais no Estado.

2) Uma simples pesquisa de campo revelaria que um ex-seringueiro chamado Manoel Luiz de França converteu-se no Pará e trouxe a fé evangélica para os seus familiares, no distrito de Cuité, em Pedro Velho; ao divulgar a mensagem do evangelho pentecostal, transformou a sua propriedade em um templo para a divulgação da mensagem das Boas Novas. Devido a este templo e a conversão de sua família, este lugar passou a ser chamado, até aos dias de hoje, de Cuité dos crentes, para diferenciar da Rua do Cuité, o Cuité propriamente dito, de predomínio católico. Isto ocorreu nos idos de 1911. Esta narrativa já foi alvo de um texto publicado pelo cientista da religião João Bosco de Souza, em seu livro “Metamorphosis e Nekrosis”, no ano de 2007, além de reportagens impressas, publicadas neste ano de 2008 .

3) Este templo foi reformado no início da década de 50, com a anuência do pastor Eugênio Pires (pastor presidente da AD), mediante arrecadação de fundos organizada pela irmã Asmi Lopes(neta do fundador), tendo a obra de reforma sido concluída em 1952. Embora tenha sido construído um novo templo ao lado do antigo(que foi transformado em departamento do templo atual), ainda é possível ver a estrutura do antigo templo. Neste sentido, devemos lastimar a falta de preservação história, pois acredito que tal templo deveria ter sido tombado pela instituição (mas neste ponto já é querer demais para uma instituição que sofre de amnésia histórica).

4) Uma simples pesquisa nos textos de Câmara Cascudo, na obra “História da Cidade do Natal”, no capítulo XXXIX, que tem como título “Outro rebanho de Deus”, permitiria ao historiador sério uma pesquisa mais acurada, pois neste texto o ilustre intelectual aponta datas bem distintas para o pentecostalismo em solo natalense, como a vinda das primeiras famílias pentecostais em 1914, por exemplo, e cultos particulares ocorrendo nas casas entre 1915-17. Só o fato de existirem datas discrepantes seria motivo suficiente, para um historiador sério, de uma análise mais cuidadosa do material disponível. E antes que acusem Cascudo de herético ou coisa semelhante, é bom lembrar que uma de suas fontes foi nada menos que o saudoso pastor Eugênio Martins Pires, ex-pastor presidente da Assembléia de Deus em nosso Estado.

5) Se os fundadores do trabalho pioneiro já se encontram na glória eterna, no entanto seus familiares, netos e bisnetos, bem como conhecidos, ainda se encontram entre nós, e poderiam perfeitamente relatar, a quem interessasse, detalhes desta história pioneira. As famílias de alguns dos primeiros crentes da igreja do Cuité (por exemplo, o Pr. Manoel Veloso Sobrinho e esposa Minervina Luiz de França, Onorina Soares esposa do maestro Manoel Andrade, Sirineu Peixoto esposo da irmã Abigail Sotero e Francisco Taveira, também um dos primeiros dirigentes da igreja) ainda se encontram entre nós, e poderiam elucidar lacunas históricas bem como fornecer documentos e fotos esclarecedoras. É lamentável que a instituição AD não tenha tido o cuidado de entrevistar testemunhas quase centenárias destes eventos, que ainda se encontram vivas, fazendo com que se perca uma narrativa elucidativa destes fatos. Ainda se encontra viva, por exemplo, a senhora que cuidou do fundador do trabalho em Cuité(Pedro Velho), Zulmira Freire de Lima, esposa de Sebastião Neto, atualmente na Assembléia de Deus em Canguaretama, quase centenária, bem como a senhora (em um asilo em Natal) cuja casa serviu de templo temporário, quando o antigo templo ameaçou ruir. O que quer a instituição? Esperar que estas pessoas morram? Como devemos entender tamanho desleixo histórico, a não ser o interesse mesquinho e egoísta de não admitir que a “estória” oficial possui falhas inadmissíveis?

6)É sintomático a falta de intuição histórica de nossos “estoriadores oficiais” quando se encontram diante do relato oficial(registrado acima). Nunca se perguntaram de onde haviam surgidos os crentes batizados pelo pastor Adriano Nobre, em Goianinha(região próxima a Pedro Velho)? Ou de onde haviam surgido os irmãos que se congregavam no “Sítio Moreira”, durante as primeiras incursões ao interior do Estado? Quero lembrar neste ponto que uma das netas do fundador, a irmã Asmi Lopes, menciona, em declaração que pode ser encontrada no livro “Metamorphosis e Nekrosis”, do pesquisador João Bosco de Sousa, na página 55, lembranças de sua mãe, Olívia Luiz de França, acerca de uma localidade na região de Pedro Velho, conhecida por Moreira, que já possuíam crentes pentecostais. Será que eles não sabem que Vila Nova era o antigo nome de Pedro Velho, corroborando assim o relato de Olívia Luiz de França? Será que este monte de evidências não aponta para a origem da Assembléia de Deus no interior do Estado e não na capital, e que um dos focos irradiadores não seria justamente a região localizada nos arredores de Pedro Velho, na qual a igreja do Cuité é o melhor exemplo? Estas informações fariam a alegria de qualquer historiador, veterano ou iniciante, pois se constituem em autênticas preciosidades informativas. Quanto aos nossos “estoriadores oficiais” a única atitude até agora é o silêncio envergonhado e acanhado daqueles que tentam empurrar goela abaixo um narrativa recheada de lacunas.

7)Se o primeiro crente foi batizado com o Espírito Santo em 1917 e o primeiro batismo nas águas ocorreu em 1918(conforme relato oficial acima), como explicar um documento, reconhecido oficialmente, com datas de batismo em águas e no Espírito Santo discrepantes da narrativa oficial, ou seja, como explicar o batismo oficial e reconhecido de uma norteriograndense, da igreja do Cuité, em Pedro Velho, em 1916? Queriam um documento comprobatório das afirmações feitas? Que tal o passado verdadeiro desmascarando o presente ilusório? Vide documento abaixo. Com a palavra, os “estoriadores oficiais”!

cartao_olivia-1916

Creio que basta! Poderia ainda citar outras informações, mas creio que as citadas já são suficientes. Qual é a bandeira de nossa luta (e neste ponto faço questão de lembrar que não estou sozinho nesta luta)? Qual é o nosso interesse? Por que incomodar as pessoas com este assunto?

Pode parecer estranho, mas não queremos obter nenhum reconhecimento nem qualquer espécie de lucro com esta peleja incomum (poucas vozes clamando no deserto contra a versão oficial de uma poderosa e quase centenária instituição). Aos pioneiros, conhecidos ou não, o Todo-Poderoso já reservou para eles o grandioso galardão, a coroa da justiça (II Tm.4:8). Eles foram heróis, desbravadores, lutadores e defensores daquela fé que uma vez foi dada aos santos (jd.3). Qualquer prêmio que deveria ser dado aos mesmos, eles já receberam e receberão das mãos do único senhor a qual lhes interessava servir (Mt. 25: 34).

O que queremos é que seja feita justiça histórica: que seja mencionado o trabalho dos pioneiros, não de forma disfarçada, mas explicitamente. Que no relato oficial os seus nomes (daqueles que são conhecidos) sejam citados. Que sejam mencionados, de forma explícita, referência aos anônimos que fundaram trabalhos e evangelizaram pelo interior do Estado. Que a instituição empreenda, de forma séria, um resgate histórico desta narrativa, não esperando que as fontes venham à instituição (atitude impensável em um pesquisador), mas que ela se dirija às fontes orais e documentais(é isto que se espera de uma pesquisa séria). Que se diga, de forma franca e compreensível, que o que se está comemorando são os 90 anos de trabalho da Assembléia de Deus na capital do Estado, e não no Rio Grande do Norte. Será que estas bandeiras são absurdas? Não! Isto é apenas bom senso. O que passa disto nada mais é que empulhação e má fé.

Antes de encerrar convém uma última observação. É comum o processo de descaracterizar uma crítica, criticando o autor da mesma. Isto é falacioso. Em lógica chamamos a isto de falácia Ad Hominem. Minhas credenciais neste caso são impecáveis. Sou professor efetivo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, lotado no Departamento de Filosofia, concursado em 1994. Sou membro da igreja Assembléia de Deus (RN) desde 1985(batismo nas águas), embora tenha freqüentado a igreja desde os meus primeiros anos de vida(tenho 41 anos ). Nunca fui admoestado por qualquer tipo de comportamento inadequado. Acima de tudo: sou bisneto, com muito orgulho e veneração, de Manoel Luiz de França, o fundador do trabalho em Cuité, Pedro Velho, bem como admirador dos outros pioneiros, que infelizmente continuam no anonimato devido à falta de uma pesquisa séria e honesta. Minha luta (e de outros) é uma questão de consciência, e como disse Martinho Lutero, não podemos ir contra a nossa consciência.

Sérgio Eduardo Lima da Silva

Setembro de 2008

ARTIGO REGISTRADO Se desejar copiá-lo entre em contato com o e-mail joaoboscoweb@yahoo.com.br

MAIS INFORMAÇÕES NO LIVRO : Metamorphosis e Nekrosis – Notas do protestantismo histórico e pentecostal potiguar – Do autor João Bosco de Sousa– Livrarias:. Siciliano ,Poty livros, cooperativa Universitária.

Anúncios
comentários
  1. paulo lima da costa disse:

    fico muito feliz em participar da festa dos noventa anos
    a paiz de deus estega com todos louvado e o seu nome deus

  2. Pr. Gilson Oliveira disse:

    Conheço o Prof. Sérgio Eduardo Lima da Silva, há vários anos. Identifiquei-me com sua seriedade, espírito investigador e inteligência brilhante, no período em que convivemos como professor da ESTEADEB/RN. Tive a alegria de tê-lo como mestre da EBD, na igreja que postoreio, ocasião na qual pude comprovar tudo o que de positivo afirmam seus alunos da UFRN.
    Recentemente, trocamos rápidas impressões sobre o assunto em foco que, no meu entendimento, é merecedor – ao menos – de uma investigação em bases científicas, desnudadas de preconceitos ideológicos, visando ao resgate da verdade histórica acerca dos fatos ora questionados!

  3. joaobosco disse:

    Caro Pr. Gilson Oliveira,

    Agradeço vossa visita a essa página e muito me honra isso!

    Sobre o assunto, já estou em meu segundo trabalho de pesquisa que é exatamente sobre o assunto em questão ” A IRLANDA POTIGUAR” que é o Distrito de Cuité, onde o movimento pentecostal surgiu no RN.

    Em meu primeiro trabalho começei a articulei pequenos discursos sobre o assunto fato que gerou o conhecimento da família dos pioneiros espalhadas pelo Brasil.

    Quanto ao Prof. Sérgio, é meu amigo de infancia e eu não pensava que ele e seus familiares faziam parte de uma história tão bonita.

    É isso aí. Para saber um pouco mais:

    Livro: Metamorphosis e Nekrosis

    Onde Livraria Poty Livros – Natal/RN

  4. Essa reflexão é muito importante para aqueles que de fato, amam a história da Assembléia de Deus e do movimento pentecostal no estado do RN.
    Foi muito bom conhecer mais um pouco da história da instituição no estado e concordo com essa reflexão e vejo que realmente, houve um equívoco.
    Contudo, a festa mesmo com este equívoco, é um benção para todos os potiguares que dela participam.
    A paz do Senhor e um forte abraço a todos os potiguares, e á esta terra que amo de coração!

  5. joaobosco disse:

    Pr. Flávio,

    Obrigado pela visita, e que bom que o sr. pensa assim. a proposta deste artigo do prof. Sérgio e o meu artigo também aqui publicado. Tem o sentido realmente de quebrarmos paradigmas, resgatar a história desses pioneiros.

    A festa sim! Ela trouxe alegria e bençãos para aqueles que participaram…
    Grande abraço,

    JB

  6. arinaldo fontinele de souza disse:

    os missionarios Daniel Berg e gunna vingren fundadores, da igreja evangelica assebléias de Deus, fundaram em Belém do Pará, chegaram da Suiça em um navio em 1911.Você pode adquerir o livro que conta esta estória (0800-21-7373)estória das assembleia deus miss.Daniel berg e gunna vingren.

  7. joaobosco disse:

    Eunão que eles não chegaram nessa dta: 1911.

    A discussão aqui é sobre o pentecostalismo norteriograndense. O pioneiro no RN veio do Pará, onde foi evangelizado por Daniel Berg e Guinnar vingren. Toda a história da AD no Brasil, (livros) tenho em minha biblioteca amado.
    Aqueles que foram publicados pela CPAD. Além disso, tenho um catatau de literatura acadêmica de sociologos e historiadores laicos respeitáveis sobre o assunto.

    Brigado pela visita!

  8. joaobosco disse:

    Outro detalhe. Os missionários não partiram da Suíça..e sim dos EUA. Mas especificamente, Long Bend, Los angeles .
    Beleza!

  9. EV ALRIMAR EUFRASIO DE CARVALHO disse:

    Falar sobre a IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS é viver o verdadeiro avivamento. Para isso Cristo tem que esta no centro, para atraves DÉle, para Ele nós vivermos uma vida saúdável na sua presença. a igreja somos nós, vc esta olhando para cima, se estiver é só contar a benção de Deus.

  10. joaobosco disse:

    Foi o que fiz meu amado irmão Ev. Alrimar. Estou olhando para o alto e contemplando o dom e a vocação que o Senhor me concedeu.

    Muito grato por sua visita!
    JB

    Ao contrário do que alguns possam pensar..não estou criando polêmica e sim…resgatando uma história belíssima da Igreja Assembleia de Deus e dos pentecostais do estado do RN. Isso não deveria ser enterrado.

    Possuo fotos em meu acervo dos pioneiros, familiares, cartão de membros de 1916,
    Fotos da igreja antiga e nova, DVD com a festa de aniversário de 96 anos daquela igrejinha..
    Deus o abençoe amado…
    Qualquer contato comigo.

    joaoboscoweb@yahoo.com.br

  11. Gomes disse:

    JOÃO BOSCO ÓTIMA PESQUISA ESSA SUA,

    GOSTARIA DE RECEBER SUA PESQUISA VIA E-MAIL NA INTEGRA, COM AQUELA FOTO ESCANEADA DO CARTÃO DE UMA MEMBRO, SE NÃO ME ENGANO FRANCISCA O NOME DELA, CONSTANDO O ANO DE EMISSÃO DA REFERIDA CARTA.
    MEU E-MAIL É gomesaux@hotmail.com,

    CERTO DE SUA RESPOSTA,BRUNO GOMES

  12. joaobosco disse:

    Ok Gomes…estarei enviando pra voce!
    JB

  13. Sérgio disse:

    Estive investigando também sobre o assunto e confesso que muitas coisas são realmente dignas de serem investigadas, porém é necessário que as coisas sejam colocadas no devido lugar. Bem sabemos que houveram crentes no RN, em Natal e no interior, bem antes da fundação da AD em Natal. Veja, uma coisa é a chegada de crentes, outra e a data de fundação da igreja… Vamos escrever com seriedade e responsabilidade, tomar bases verdadeiramente históricas para descrever uma bonita história, e não tomar a opinião de um grupo de pessoas restritas, com interesses pessoais, e ainda tentar confundir a cabeça dos outros… Parabéns pelas matérias, mas como disse o Pr Gilson, vamos investigar, e investigar com seriedade …

  14. joaobosco disse:

    Sr. Sérgio,
    Foi um prazer receber vossa visita em minha página,
    O que o senhor apresentou em vosso comentário é analisado e verdadeiramente gostaria muito de levar em conta a questão: Quando os missionários chegaram e quando foi a fundação da Igreja? Isso nos remeterá a uma mudança drástica da chegada de Guinnar Vingre e seu companheiro.

    No caso dos primeiros pentecostais do Estado…o relato (especificamente para mim) é esse! (minha analise (como cientista da religião) e observar o movimento, conhecer…e não defende-lo. Por causa de outros interesses que não seja o da ciencia.

    Ainda não conclui minha pesquisa para a confecção de meu próximo trabalho, mas está sendo feito com seriedade e principalmente responsabilidade de minha parte.

    absolutamente que quero confundir a cabeça de ninguém…deveríamos escrever o mesmo para a CPAD que em TODOS os seus livros..apontam para uma data diferente que o ano de 1918 para a fundação da Assembléia de Deus em Natal. Eu apresento as provas de que os primeiros irmãos pentecostais chegaram ao Estado em uma data anterior…em 1911. Antes de qualquer coisa, meu comprimisso é com a verdae..se ela não existisse..eu já teria desistido deste trabalho a muito tempo.

    Fico agradecido por sua visita e sua cpreocupação será levada em conta certamente.

    JB

  15. Deywid disse:

    Muito Boa a pesquisa aredito que a Historia da Assembléia de Deus devia ter sido pesquisada a fundo otima inicitiva
    Gostaria de receber por email esse artigo
    deywidamaral@oi.com.br

  16. Marcela Cavalcanti disse:

    Irmão JOÃO BOSCO
    Gostaria apenas de confirmar com o senhor, se realmente os missionários Berg e Vingren chegaram a Belém do Pará em 1910.
    Sou da Ass de Deus em Recife/PE.
    PS: Achei bastante interessante sua pesquisa. Oremos para que (quem sabe um dia) a realidade desta estória tão linda possa ser aceita oficialmente. Deus o recompence!

  17. joaobosco disse:

    Cara irmã Marcela,

    è um rpazer muito grande tê-la nos visitando. Darei a resposta mas pesso que leia em alguns títulos que passarei para que possa comprovar. Principalmente os da CPAD.

    Guinnar Vingren e Daniel Berg chegaram ao Brasil em 1911 – 9FATO ESSE QUE ALGUNS LIVROS “ANTIGOS” DA CPAD REGISTRAM. Um exemplo é o primeiro livro de Histórias das Assembléias de Deus editado pela CPAD.
    Ha um livro editado pela primeira igreja da Assembléia de Deus do brasil..a do Pará..sim! a primeira a ser fundada..Neste livro que inclusive usei como referencia quando escreví o meu. Os irmãos organizadores colocam lá..bem claro, que Guinnar Vingren e Daniel berg chegam em 1911, fundam a Assembléia de Deus em 18 de junho de 1911. Inclusive fazem um alinha do tempo exatamente como faço em mu livro dos pentecostais. PRIMEIRO CHEGA A CONCGREGAÇÃO (1910) , DEPOIS A ad (1911), DEPOIS A mepb…E POR AÍ VAI…

    Paul Freston em seu livro (nem anjos nem demonios) faz uma narrataiva belíssima sobre a chegada dos pentecostais , inclusive comn a história da A.D. de forma maravilhosa. Esse foi o primeiro trabalho cientifico sobre o assunto. Temos também vários outros livros de autores de peso que narram a chegada dos irmãos fundadores da A. d no Brasil. Como Dos Jesuitas aos neo-pentecostais de Elben Cesar, A religião maios negra do Brasil de Marco Daniel, Neo-pentecostai do Ricardo Mariano (esse não é evangélico) seu livro é excelente…

    É isso aí irmã..somado a tudo isso, tem o livro do irmão João bosco (Metamorphosis e nekrosis) eu! (rs)…

    Todos esses livros e mais um catatau publicados pela CPAD narravam o msmo..porém com o passar do tempo..as datas estão sendo mudadas..veja bem meu artigo…

    Uma grande pena e falta de respeito pela história…
    abraços na paz!

    JB

  18. OLIVEIRA disse:

    GOSTARIA DE SABER A ONDE POSSO ENCONTRA SEU LIVRO,DEVE SER DE UMA GRANDE ESELENCIA FALANDO DE VERDADES SERIAS DANDO HONRAS A PESSOAS QUE DE FORMA TAO BRILHANTES DERAM SUAS VIDAS A UMA ESTITIUÇAO TAO CONHECIDA COMO HOJE ASSENBLEIA DE DEUS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE.PARABENS JOAO BOSCO….. MAIS TENHO AINDA UMA DUVIDA SEGUNDO O SENHOR, QUANTOS ANOS A ASSENBLEIA DE DEUS FEZ NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE MESMO??? GRATO.

  19. joaobosco disse:

    Olá Sr. Oliveira,

    Obrigado pela visita… O livro em questão reproduz uma carta recebida e um pouco da história de Cuité dos crentes onde a primeira igreja foi erguida no Estado do RN. estou concluindo o próximo trabalho que será exclusivamente sobre a história da Assembléia de Deus no Rio Grande do Norte.

    O livro pode ser encontrado na Livraria: Poty Livros (Natal); Siciliano (Natal) ou pode pedí-lo por e-mail que envio.

    A Igreja Assembléia de Deus, estará comemorando oficialmente em 2009: 61 anos. Extra-oficialmente (história real) Os primeiros crentes da fé evangélica estará comemorando 67 anos em 2009.
    Abraços,
    JB

  20. marlucia O de s Varela disse:

    PRIMEIRO TEMOS QUE ESCLARECER A QUESTÃO.A COMEMORAÇÃO FOI DOS 90 ANOS(data) DE FUNDAÇÃO( OFICIAL)? OU A CHEGADA(data) DOS PRIMEIROS CRENTES?
    Embora não conheça o autor da crítica, esta preocupação me parece ligada ao zelo em defesa de um profissional historiador oficial num momento de comemorar um aniversário tão importante. Concordo! Não com o seu tipo de olhar, mas conhecemos a bonita história dessa denominação, e sei do esforço ardente que tem sido feito para nestes noventa anos o maravilhoso nome de Jesus ser glorificado em todo o estado e milhares de pessoas terem atentado para a salvação de suas almas.Em tempo conheço a congregação em Cuité dos crentes e mesmo sem os registros formais, foi muito citada assim como os primórdios antes da fundação, durante as comemorações.Deus te abençõe e te ajude nos teus trabalhos.

  21. joaobosco disse:

    Obrigado pela visita MArlucia,

    O artigo faz o registro exatamente como anunciado pela AD. A comemoração refere-se ao 90 anos de atuação no Estado do RN.

    Se há diferenças entre chegada dos primeiros crentes e o oficial registro desta instituição…até esta comemoração está errada duas vezes. A congregação Cristã também errou, A missão Evangélica também… e por aí vai.

    Mas os sociólogos que estudam o fenômeno religioso apontam o ano de chegada dos primeiros crentes como o de fundação…

    Foi assim com o irmão Luigi Francescon (COngregação Cristã – 1910); Guinnar Vingren e Daniel Berg ( A. Deus – 1911) HArlanGRaham e Harold Matson (Missão Evangélica – 1939).

    O que fiz foi o mesmo expediente (PESQUISA). A busca é pla verdade e o resgate da história como voce bem falou!

    Porém: O Ms. Sérgio é filósofo (respeitadíssimo na UFRN), o Historiador oficial (que não é oficial nem historiador ) é (Cientista da Religião e teólogo) até onde eu posso afirmar…sou sincero, sério e comprometido por amor às pessoas e em nenhum momento faço partido de coisa alguma, não é minha proposta desconhecer os “90” anos de trabalho de evangelismo desta instituição. Mas também não é proposta de minha parte desconheçer mais SETE anos antes dos noventa dos trabalhos de evangelismo de Cuité que teve quase todo um Distrito transformado em crentes. E ainda o trabalho do Alecrim na rua do Arame que não fora levado em conta!

    Se não basta minhas palavras…pelo menos pode buscar informações nos livros da CPAD que voce verá outras datas para essa comemoração…

    Abraços,

    JB

  22. jorge oliveira disse:

    por favor orem por mim, me ajude nessa causa. Irmaos do mesmo ministerio que eu, estão com atitudes arogantes contra mim, articulando minha ruina, não entendo tanto ódio.

  23. scheyla disse:

    Parabéns pela página! É realmente fascinente…vou tentar ler um pouco sempre que for possível.

  24. Wellington Gabriel disse:

    A Paz do Senhor meu irmão.gostei muito do seu trabalho. sou fascinado por pesquisas sérias e com fundo cientifico, como a sua vem sendo desenvolvida. Gostaria de saber como posso adquirir seu livro. Que Deus te abençoe!

  25. joaobosco disse:

    Oá….

    Voce pode aquirir na Livraria Sicilino em Natl ou na Poty livros também em Natal.

    Na pir das hipóteses.. ou na melhor..Voce poderápedir amim mesmo pela metade do preço que envio pra voce.

    joaoboscoweb@hotmail.com

  26. Cleiton disse:

    A Paz do Senhor!

    Estou querendo fazer um curso nesta instituição e gostaria de saber como devo proceder para matricular-me. preciso de informações a respeito.

  27. joaobosco disse:

    Caro CLEITON.

    Que curso voce gostaria de fazer? de teologia?? é isso?

  28. EXCURSÃO PARA TERRA SANTA ( EGITO e ISRAEL ) saida dia 15 de Novembro e 20 de Dezembro.

    Incluso: Passagem Aérea, Hospedagem, Café da Manha, Almoço, Jantar, Transportes, Passeios, Seguro, etc.

    Visite o site http://www.transflying.com.br e veja todo o roteiro da viagem que pode ser pago em ate 12 vezes no cartão.

    Temos tambem telefones para ligação local em mais de 180 Cidades.

  29. pr. udembergue silva disse:

    sou, pastor, daassembleia de Deus, do ministerio do belenzinho,sao paulo; porem conheço bem a historia da ad em natal,como tambem seu atual lider, que e digno da posiçao que ocupa. eu sou neto do irmao bitonio e a irma chiquinha, como eram conhecidos na igreja do dom-eugenio, portanto o meu avo, era irmao do pastor joao batista, com quem tive pouco contato,pois aceitei a cristo em 84,e em 86 ,viajei para sao paulo, porem esse parentesco nao me da o direito de questonar adireçao atual, voces estao de parabens, foi a os senhores, que Deus reservou a honra de participar dos (100),ANOS DAS ASSEMBLEIA DE DEUS NO BRASIL, PARABENS UM ABRAÇO;

  30. jose alisson cassimiro disse:

    voltar para jesus, foi muito bom, melhor ainda para assembléia, pois gosto do tipo de estudo que ela executa, pra mim é o melhor. estou a 4 anos, muitas são as pedradas, mas não arredo o pé daqui.

  31. Hilton Andrade disse:

    Parabéns irmão pela iniciativa, gostaria se fosse possível que o senhor me mandasse algo sobre a ação pentecostal em Sumaré para uma pesquisa particular, desde já agradeço a atenção! Paz do Senhor!

  32. cremilson disse:

    gostaria defazer um curso de teologia, como devo proceder, pois moro em natal, gostaria de orientação

  33. Vocês querem realmente saber o propósito DELE aqui na TERRA?

    Resumindo o que DEUS PAI falou pra ELE Homem vertido de branco e cabelos comprido.
    Ai esta a minha LUZ e meus 3 QUERUBINS.
    Váaa até a TERRA conquiste o nome de meu FILHO com a ressurreição e governe o mundo pra MIM!!
    Isso aconteceu em 1978. No dia 02 de Abril por volta das 5 Horas da tarde no hospital, na sala aonde é realizado o parto das mulheres ELE chegou com os Querubins e foi introduzido no ventre da mulher no corpo do Bebê na hora do parto.
    Eu aconselho vocês a não olharem pra ELE com olho mal durante a ministração da palavra (para que vocês não sejam convencidos a usar o nome {autoridade e poder} contra ELE Homem vestido de BRANCO) nem olhar pra ELE com instrutor malvado.
    Aceitem esse conselho no jejum, na oração, na santa ceia, na ministração da Bíblia, nas vigílias, na obra missionária,etc. É pro bem de vocês. Aceitem o conselho de Deus!!!!!!

  34. ViniciuS disse:

    A paz do senhor!
    Fico feliz por conhecer mais uma parte do corpo de cristo da terra..Eu moro em Sorocaba-sp e congrego na Assembléia de Deus min. Belém,Tenho 16 Anos e já sou membro a 5 Anos.
    Que Deus se digne em abençoar os irmãos!! E que Deus de força e perseverança aos irmãos para que possam Fazer a obra do Senhor.
    Que Deus abençoe a todoS;

    ORKUT:Viniciusmarotto@hotmail.com

  35. Eu fico muito feliz em fazer parte da história da Assembléia de Deus, pois aos meus 5anos de idade aceitei a Jesus na congregação do leprozario, hoje com 40 anos em outro ministerio mais petecostal tambem ainda lembro-me dos dias bom de evangelização. Fico triste as vezes pois vejo a falta de amor existindo no meio dos irmãos. Pois lembro quando foi para compra da radeo nordeste evangelica todos fizemos campanha, hoje precizamos de um anucio na mesma radeo e nãopodemos pos não somos mais aceitavel. É triste mais oro que nesta comemoração possa o home fazer uma refrecção pois queremos ir para o céu.

  36. elza disse:

    Na época do pastor Eugenio Pires dois obreiros que merece menção pelo exemplo de fë. Pr. Napoleão de Oliveira Lima, Pr. Manoel Leão.
    Pr. Napoleão foi conteporaneo do Pr. Cicero Canuto de lima.
    Parabens pelo documentario da Igreja.

  37. Prezados irmãos, A Paz do Senhor
    Sou membra da Assembléia de Deus – Fortaleza Ce.
    Para glória de Deus gravei meu 1º CD: Tudo é Possível.
    Estou divulgando nas Igrejas, tenho 03 hinos no youtube
    Estou mandando os links abaixo . Que Deus nos abençoe

  38. Canindé Lima disse:

    Olá prezado irmão João Bosco. Estou satisfeito por Deus te ter levantado, em prol da vida da história desta Igreja em nosso Estado.Sou membro da AD em Santa Maria/RN, onde também sirvo como professor de EBD. Há recentes 4 anos, estive na cidade de Pedro Velho e, um fato me chamou a atenção; história dos primeiros crentes desta denominação (AD)em nosso Estado, é ali muito latente. Isso me induziu a pesquisar um pouco mais e, encontrei esta maravilha de blog que não permite a morte desta fascinante história.Vai nesta tua força,pois contra fatos não há argumentos!.
    Abraços na Paz do Nosso Deus.
    Att,
    Canindé Lima.

  39. Canindé Lima disse:

    (correção da postagem anterior, erro de digitação da palavra latente, leia-se PATENTE)Olá prezado irmão João Bosco. Estou satisfeito por Deus te ter levantado, em prol da vida da história desta Igreja em nosso Estado.Sou membro da AD em Santa Maria/RN, onde também sirvo como professor de EBD. Há recentes 4 anos, estive na cidade de Pedro Velho e, um fato me chamou a atenção; história dos primeiros crentes desta denominação (AD)em nosso Estado, é ali muito PATENTE. Isso me induziu a pesquisar um pouco mais e, encontrei esta maravilha de blog que não permite a morte desta fascinante história.Vai nesta tua força,pois contra fatos não há argumentos!.
    Abraços na Paz do Nosso Deus.
    Att,
    Canindé Lima.

  40. joaobosco disse:

    Irmão Canindé,

    Agradeço pelas palavras amado,

    Grande abraço,

    Jota BÊ.

  41. joaobosco disse:

    Irmão Canindé,

    Agradeço pelas palavras amado,

    Grande abraço,

    Jota BÊ.

  42. Divonzir Melo disse:

    hoje 19/04/2013, tenho a alegria de compartilhar estas linhas em minha conciênçia, parabéns meu caro nobre, esta luta com certeza será reconhecida, mas na glória teremos muitas surpresas.

  43. Boa Noite Professor João Bosco, pesquisando e escrevendo um livro, encontrei suas argumentações sobre a provável data do aniversário da Assembleia de Deus que tem datas de sua chegada a natal desencontradas. Escrevo um livro que fala da inserção da Igreja de Cristo no Brasil no contexto da evangelização brasileira. Já estive em Pedro Velho pesquisando tivemos uma igreja ai por volta de 1923 a 1926. Voltarei a Pedro Velho brevemente espero te encontrar para retirar algumas dúvidas já que ao escrever o nosso contexto histórico falo sobre a Assembleia de Deus dos anos de 1927 e diante. pretendo utilizar também algumas das sua argumentações na questão cronológica das igrejas.

  44. joaobosco disse:

    Será um praze amado. Entre em contato pelo joaoboscoweb@yahoo.com.br

  45. Muito esclarecedor, é notório o despreparo intelectual de alguns lideres de nossa igreja.
    Você tem o DVD oficial dos 90 anos? Estou precisando. meu email é edupotiguar@yahoo.com.br

  46. joaobosco disse:

    Não tenho o DVD, mas assisti pela TV algumas partes do aniversário. A festa foi realizada depois que lançei meu livro, avisei, conversei..mas foi em vão! Eu? Nem aí, fiz minha parte!

  47. Essa igreja acima – foto imagem – está sendo circulada pelo facebook com nomes estranhos
    Me intristece em ver imagens fazendo brincadeiras com placas de igrejas – no meu facebook
    coloquei algumaS que consegui recentemente
    Espero ter ajudado
    Lidia Carvalho

  48. ribamar galvão disse:

    foi bom amado saber de um pouca mais da verdade de nossas origens. aqui em são luís ma; stamos comemorando os 92 anos e estar sendo maravilhoso os trabalhos

  49. Raquel da Cruz disse:

    Muito Feliz em saber que o lugarzinho chamado cuité dos crente a onde eu tenho familiares no qual ouvir muitas vezes a minha mãe falando sobre este assunto falei até com uns pastores da minha congregação,conheço a igreja de cuité,foi onde deu os meus primeiro passo.sou conhecida pelo meu sobrenome de família *VICTOR no qual onde eu mesma não tenho o sobrenome pois a minha mãe quando casou retirou o sobrenome *VICTOR e só ficou o *CRUZ.só a minha mãe que saber a história de cuité..Só tenho a agradecer ao meu Senhor Jesus por está linda história tão linda..

  50. Graça e paz! meu amado os dados são ótimos porém, apenas uma colocação. alguns livros editado pela c.p.a.d parte do princípio da organização da igreja na capital realizada parti do primeiro batismo realizado em aguas potiguares pelo missionário Adriano Nobre quanto ao seu trabalho parabenizo pelo o seu espírito investigativo. Deus lhe abençoe e muito.

  51. Paz do Senhor Jesus aos irmãos João Bosco e José Egberto! Vocês, como pesquisadores da matéria, sabem informar qual foi a causa da saída do Irmão Adriano Nobre da Assembleia de Deus? Li comentários que foi por motivos diferentes do irmão Manoel Higino, mas não encontrei quais motivos seriam estes. Como um interessado na história dos pioneiros, a única coisa que sei é que muitos tem tentado tirar os méritos desses grandes homens a partir do momento em que eles deixaram de ser assembleianos.
    Agradecerei imensamente qualquer informação a respeito.

  52. Armênia Sotero disse:

    Meus avós foram pioneiros fico privilegiada por eles me passarem a verdadeira religião.
    Abigail Sotero e Sirineu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s